EUÉ.

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Peibê 6 + Traços / Tracinhos de memória



Grande prazer e honra receber mais um pacote de zines do projeto IFANZINE. O Peibê 6 já vinha sendo aguardado há um tempo e concretiza assim mais um marco dessa equipe fanzineira, a primeira edição desse zine após a inauguração da fanzinoteca. Este Peibê foi lançado durante o 4º Forum Nacional de Pesquisadores em Arte Sequencial, evento que agitou o IFF Macaé em julho, e deverá ser relançado na 2ª Mostra de Zines em outubro. Traz participações de diversos artistas, tanto veteranos bem conhecidos no cenário independente, como Thina Curtis e Maria Jaepelt, como novos expoentes revelados pelo projeto; em HQs e poemas ilustrados, além de um inusitado bate-papo entre Wagner Teixeira e Wagner Nyhyw, cria encontrando criador. Wagner Nyhyw, por sinal, atualmente já foi recriado como Wagner Nyhyhwh, e há boatos de que em breve acontecerá um ainda mais surreal encontro entre Teixeira, Nyhyw, Nyhyhwh e outras personalidades deste exótico ser.
Mas o pacote ainda trouxe o Traços de Memória 2, uma iniciativa interessantíssima que une em formato fanzine os trabalhos do IFanzine com outro projeto do Instituto, o Em Cada Canto Um Canto, que traz relatos de tradição oral  ou história de vida pesquisados por estudantes do ensino médio. E também o Tracinhos de Memória, que envolveu alunos do ensino fundamental, com os próprios produzindo o fanzine através de oficinas.
Realmente impressiona o trabalho desse projeto e nos faz pensar: como eu queria ter tido, na juventude, estímulos criativos assim na escola!

Importante ressaltar que as publicações do IFanzine também podem ser acessadas em formato digital no site da Editora Marca de Fantasia, http://marcadefantasia.com .

E vale lembrar que segue aberta a convocatória para a 2ª Mostra Peibê de Zines e Publicações Independentes do Ifanzine, já divulgada aqui .

Contatos:
Instituto Federal Fluminense
A/C Alberto Carlos Paula de Souza
Rodovia Amaral Peixoto, km 164, Bairro Lagoa
Macaé, RJ. 27.925-290
Email: projetoifanzine@gmail.com


























terça-feira, 11 de setembro de 2018

FÉCUM 8

É muito empolgante quando um fanzineiro das antigas volta a lançar zines depois de uma longa estiagem. Lembro que quando passei a trocar zines com mais intensidade através de cartas, anos atrás, o Fécum foi um dos primeiros personagens underground que conheci. E depois de anos, eis que chega um novo exemplar em minha caixa de correios. Fécum é um carismático personagem criado pelo Sérgio Jr que, em 2019, irá completar nada mais nada menos que 40 anos de existência, e havia tido sua última edição impressa em 2009. Assim, pra comemorar essa marca, o Sérgio já lançou este ano esta edição de nº 8 e pretende produzir novas edições no próximo. Os quadrinhos do Fécum possuem como característica a participação de diversos artistas, assim fica interessante ver o personagem desenhado em diferentes estilos. Ficamos no aguardo das novas produções.






segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Reboco Caído 42


Reboco Caído 42, seguindo na luta, sem desanimar, mesmo nesses tempos de total retrocesso da humanidade. Nesta edição, temos colaborações de Tiago Barradas Morés, Clarisse da Costa, Wagner Teixeira, Gutemberg F. Loki, Alex Magrão, entrevistas com as bandas Discarga Violenta e Quilombo, divulgação de independentes, e textos do editor. E sempre é bom destacar que o Fabio vem conseguindo manter o Reboco nos dois formatos, papel e arquivo digital. Assim, o leitor tem a possibilidade de ler e guardar na forma que achar melhor. Particularmente, considero que vale colecionar nos dois formatos, cada um tem suas vantagens e desvantagens.

Contato: Fabio da Silva Barbosa - http://rebococaidozine.blogspot.com/ ; fsb1975@yahoo.com.br 






segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Revista Oblívio


Em passagem por Juiz de Fora há algum tempo, me deparo com edições da revista independente em formato zine OBLÍVIO disponíveis para os visitantes de um centro cultural. Se não me engano, foi no Museu Murilo Mendes. Um interessante achado. Era a edição de Julho/2018, que, em 12 páginas, trouxe as participações literárias de:
Charles Dias Gonçalves, com a "Saga Lutuosa";
Débora Santos, com "Se eu tivesse morrido, as minhas máquinas de escrever teriam chorado"; "Você poderia ser o Sid Vicious, e eu, a Nancy"; "Minha cabeça é um vaso de flores mortas"; "Todos os que amamos um dia morrerão"; "A cidade ainda não pegou fogo e eu só queria escutar Miles Davis junto contigo";
Giovani Verazzani, com "Miscelânea (ou: o que aprendi na ocupação de escolas)", "O dia em que ganhei uma briga sem brigar".
E a revista aceita escritos, desenhos e fotografias para publicação.
CONTATO: https://issuu.com/revistaoblivio ; revistaoblivioautoral@gmail.com




quinta-feira, 30 de agosto de 2018

QI 151 e Retrospectiva Edgard Guimarães


QI 151, mantendo o costumeiro padrão de qualidade. Nesta edição, temos mais uma capa inventiva e curiosa, o que vem sendo uma marca nos últimos números, resgatando aquela essência da colagem, tão característica dos fanzines. A seguir, textos, ilustrações e quadrinhos de Lio Guerra Bocorny, E. Figueiredo, Lancelott Martins, Antonio d'Lima, Yasmin Fernandes, Julie Albuquerque, Worney Almeida de Souza, Edgard Guimarães, Luiz Claudio Lopes Faria; além de muitas contribuições interessantes na seção Forum; e o espaço para divulgação de edições independentes.
E o encarte da vez está imperdível. É item de colecionador, pois faz uma retrospectiva do trabalho do próprio Edgard. Um trabalho fundamental e histórico, pois são mais de 35 anos de fanzinagem. Certamente, muitos leitores do QI, especialmente os mais novos, vinham há tempos esperando uma edição assim, pra conhecer mais sobre a trajetória do Edgard e ver como foi a evolução do QI. Só podemos agradecer ao Edgard por compartilhar estas experiências e por toda a contribuição dada ao mercado independente.

CONTATO: Edgard Guimarães - edgard.faria.guimaraes@gmail.com





















quarta-feira, 29 de agosto de 2018

CONVOCATÓRIA PARA A II MOSTRA PEIBÊ DE ZINES E PUBLICAÇÕES INDEPENDENTES


No final de outubro vai acontecer mais um grande evento do projeto IFANZINE. Segue a convocatória:
Detalhe: para os participantes do Rio de Janeiro se deslocarem para Macaé, haverá a possibilidade de uma van do Instituto realizar o transporte.

CONVOCATÓRIA PARA A II MOSTRA PEIBÊ DE ZINES E PUBLICAÇÕES INDEPENDENTES.


Dias 25 e 26 de outubro na FANZINOTECA do Instituto Federal Fluminense Campus Macaé (RJ).

A Fanzinoteca do IFF Macaé é a primeira fanzinoteca do Estado do Rio de Janeiro, tratando-se de uma iniciativa pioneira do Projeto de Extensão IFanzine, que há 6 anos vem promovendo o uso do fanzine no ambiente do ensino-aprendizagem e, entre outras publicações, edita o zine PEIBÊ, contemplado com o troféu Ângelo Agostini em 2016. A Fanzinoteca está sediada em uma instituição de ensino público profissionalizante da rede federal, contribuindo assim com a preservação da memória das publicações marginais e independentes, com o estímulo à produção autoral, fortalecendo a cultura zineira para as novas gerações.

Para a realização desta exposição de zines pedimos a(o)s amigo(a)s zineiro(a)s que nos enviem exemplares de suas produções. As publicações que eventualmente não cheguem a tempo para a exposição serão integradas ao acervo da mesma forma e todo(a)s o(a)s colaboradore(a)s receberão em troca zines produzidos pelo projeto.

ENDEREÇO PARA REMESSA DOS ZINES:
Instituto Federal Fluminense (A/C Alberto Carlos Paula de Souza)
Rodovia Amaral Peixoto, km 164, Bairro Lagoa
Macaé-RJ. 
CEP: 27.925-290

PARA SER EXPOSITOR NO EVENTO:
Inscreva-se mediante o preenchimento deste formulário e terá direito a um espaço para expor/trocar/vender sua publicação (sob sua inteira responsabilidade) nos dias 25 e 26/10, de 14 às 18h no Instituto Federal Fluminense Campus Macaé.
Não deixe de participar deste momento histórico com seu fanzine e/ou publicação independente.
 

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Alfarrábios 6


Na 1ª Oficina & Exposição de Fanzines do projeto Literatura na Varanda, que aconteceu em 23/6/18, em Niterói-RJ, tive a oportunidade de conhecer o ALFARRÁBIOS, editado pelo PAULO DE CARVALHO. Todos que compareceram ao evento tiveram a oportunidade de receber um exemplar da 6ª edição, que marca um ano de existência da publicação, cortesia do Paulo. Fanzine caprichado, com bastante conteúdo distribuído em 76 páginas. Poemas, ensaio fotográfico, resenhas, artigos, crônicas, em participações de diversos autores.

Contato: Paulo de Carvalho - armazemdequinquilhariaseutopia@gmail.com 



terça-feira, 31 de julho de 2018

O BERRO 30


O seminal BERRO está circulando por aí em sua edição número 30. O BERRO é sem dúvida um dos principais fanzines surgidos nos últimos dez anos que continua na ativa. Atualmente é mantido pelo Winter Bastos, grande batalhador da cultura independente. Esta edição já começa com uma contundente capa do genial Solano Gualda. Segue com bastante espaço dedicado para divulgação de obras independentes, com boas resenhas. Textos sobre o documentário Contagem Regressiva, o jornal A Voz da Favela, as relações entre Globo e Cabral, Marielle Franco. Todos muito bem escritos pelo Winter. Finaliza com um marcante relato do Winter sobre sua viagem a Porto Alegre, com muitas dicas de locais que vale conhecer.

CONTATO: Winter Bastos - oberrofanzine@gmail.com



quarta-feira, 18 de julho de 2018

Morte?

 
Vida
O que significa?
Não sabemos
Já a Morte
Entendemos bem
É o fim do pagamento no cartão
o fim da louça lavada
o fim do ponto no escritório...

segunda-feira, 9 de julho de 2018

quarta-feira, 27 de junho de 2018

terça-feira, 26 de junho de 2018

Mozerart Edições



No evento QUANDO A BAIXADA FALA, em 20/5, na Biblioteca Parque do Rio de Janeiro, tive a oportunidade de conhecer os trabalhos da MOZERART EDIÇÕES, capitaneada por Raphael Mozer. Além de fanzines e livros autorais, feitos de forma totalmente independente, destaque para uma grande iniciativa: O  I PRÊMIO NACIONAL DE LITERATURA DE BELFORD ROXO. Um concurso nacional de poesia, contando assim com participantes de todas as regiões do país e das mais diversas idades, e que valoriza os artistas da Baixada Fluminense, região comumente esquecida em termos de ações culturais. Foi inclusive realizado um sarau em Belford Roxo, no qual houve o lançamento da coletânea com os poemas selecionados. Cada exemplar da coletânea foi montado de forma artesanal pelo Mozer. Vale conhecer este trabalho.