APESAR QUE NYHYW.BLOGSPOT.COM NÃO DEU CERTO

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A PRINCESA NO DESPENHADEIRO

Olhe ao seu redor. 
O que vês? 
Uma miragem? 
Exato, 
mas você corre atrás dela assim mesmo. 
Sabe ser inútil, mas a razão nunca foi páreo para a esperança. 
Só percebe o precipício quando já é tarde.


A queda proporciona um prazer sublime. 
A ausência do apoio, a brisa no rosto, o corpo inteiramente livre. 
Você não vê o fundo do abismo e sorri. 
Fecha os olhos e volta a sonhar.

Um comentário: