É O QUE É. E O QUE NÃO É.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Tem gente lá fora!


Tem gente lá fora!


Era um dia sossegado, molenga, até que o moleque aparece agitado:
Papai! Papai!
Que foi filhão?
Tem gente lá fora!
Sorrateiro, me esgueiro até a janela. Cuidadosamente, vislumbro o exterior pela fresta entreaberta. Vejo figuras estranhas se aproximando de nossa porta. Consigo identificar mendigos, vagabundos, putas, doentes, bêbads, malucs, renegads, desprezads, sonhadors, abandonads, marginalizads e diversos outros párias sociais.
Tá tranquilo, filhão, são só amigs.


Nenhum comentário:

Postar um comentário