É O QUE É. E O QUE NÃO É.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

RESPEITÁVEL PÚBLICO, VENHAM VER OS INCRÍVEIS HUMANOS

(por: Juzé da Ciuva)

 


Respeitável público, venham ver os incríveis humanos! É de graça. É divertido. Eles são inteligentes e obedientes. Mas atentem para as regras. É proibido jogar comida aos humanos. Não é permitido chegar perto deles. Mas podem tirar fotos à vontade. Podem também conversar com eles. Os humanos adoram interagir com as pessoas.

É inacreditável quando observamos a que os seres humanos se sujeitam em troca de fama e fortuna. Os eliminados do Big Brother Brasil 2011 ganharam uma nova chance de retornar ao programa e concorrer ao prêmio de 1,5 milhão. Para isso basta ficarem trancafiados 24 horas por dia em uma pequena casa de vidro, em exposição num shopping do Rio de Janeiro, e implorarem pelo voto dos telespectadores, que decidirão quem volta à competição. Sem nada para fazer, eles passam o dia acenando de forma patética para os visitantes e distribuindo sorrisos amarelos, tentando disfarçar o tédio e constrangimento da situação.

Podemos fazer algumas considerações acerca dessa nova concepção de lazer. É a evolução do cárcere recreativo! Manter um periquito numa gaiola? Chato! Ver animais selvagens enjaulados no zoológico? Também já perdeu a graça! Elefantes malabaristas e macacos zombeteiros no picadeiro do circo? Virou programa de vó! Não queremos mais ver seres irracionais domesticados para nos agradarem. Queremos ver seres humanos enjaulados! Queremos um zôo de Homo Sapiens! Queremos agora domesticar seres RACIONAIS para nos agradarem.

Muitos acham a tal casa de vidro repugnante, uma afronta ao ser humano. Eu não. Sou totalmente favorável. Se um cachorro (que também é um ser que pensa e sente, não esqueçam) pode ser encoleirado e preso num canil apenas para divertimento de seu dono, porque não podemos fazer o mesmo com nós mesmos? Acho justíssimo. Eu apóio a criação doméstica de humanos. Também quero ter um brother de estimação, preso no meu quintal. Vou cuidar direitinho dele, não se preocupem. 

O mais engraçado é quando pensamos que nenhum dos enclausurados na casa foi obrigado a entrar ali, ao contrário dos outros animais menos evoluídos, que não podem resistir ao domínio dos homens. Foi decisão dos participantes, eles se inscreveram totalmente cientes do papel que fariam. Definitivamente não existe razão nas atitudes dos animais racionais! Então o que nos difere dos irracionais é simplesmente sermos manipulados com muito mais facilidade. 

A proposta é a seguinte: como disse, sou inteiramente a favor do cárcere recreativo de humanos. Mas com uma condição. Vamos libertar os outros animais! Não precisamos mais deles. Deixemos que voltem para seus habitats originais (se ainda existirem). Vamos criar apenas humanos! Está lançada a campanha: SOLTE SEU ANIMAL DE ESTIMAÇÃO E ADOTE UM BROTHER!

Nenhum comentário:

Postar um comentário